sexta-feira, 21 de junho de 2013

Refúgio descoberto

Ola minhas divas,
Desculpem pelo sumiço, e por não dar noticias aqui pelo blog,
Porém aqui meu mundo foi descoberto, portanto acredito que não poderei postar.
O que me deixa triste é saber que aqui era o único lugar onde eu poderia realmente desabafar, sem críticas ou simples pensamento diferentes dos meus.
Mais tenho foco e fé de que tudo ficará bem.
A força está submissa a comandos alheios, porém isso não me impedirá de ter o corpo que sempre quiz, e ser feliz assim.
Se pudesse salvaria a todas aqui, mais como não tenho esse poder, desejo-lhes sorte, e cruzo os dedos para que um dia sejam felizes.
Amo-as muito,
Obrigada por todo o apoio me prestado durante esses 1 ano e 8 meses, da existência do blog.
Espero não perder o contato com vocês.
E apesar não poder mais dizer o que sinto ou passo, estarei sempre acompanhando -as em seus posts.
Não pretendo excluir o blog, porque aqui consta uma grande parte de minha vida ana/mia.

Abraços da garota que sonha...

domingo, 2 de junho de 2013

Mudança e sede de recomeço.

Bom minhas flores, não sabem o quão cansada estou dessa vida de uma garotinha "normal", chego cada vez mais a conclusão de que comida não foi feita para mim, talvez meu corpo necessite dela, mais minha mente a nega.
Preciso retreinar meu corpo a recusar a repugnante comida, preciso retornar ao meu controle, sinto grande falta dos efeitos que meu corpo tinha pela falta de comida.  não sei como é possivel, mais amo essa maldita doença, e necessito dela para me completar.
Estou disposta a recomeçar o jogo e ir ainda mais fundo que da última vez, quero mais uma vez ultrapassar os meus limites,
E nada melhor que uma mudança para recomeçar o jogo,
Meu final de semana foi um fracasso, mais estou disposta a iniciar um nf amanhã, e se tudo ocorrer bem começarei a fazer o método dos cinco dias.
A diferença desta vez é agora as pessoas sabem do problema, mais pensando por um lado bom agora não precisarei esconder,talvez mentir as vezes, mais não mais esconder.
Quero mais que tudo abandonar o tratamento, apesar de ter criado acredito eu, um vínculo forte com minha psicóloga, ele me desequilibra e se não fosse por ele eu com certeza teria alcançado minha meta.
Agora voltei a estaca zero :( mais não adianta chorar pelo leite derramado, o que me resta a fazer é correr atrás do prejuízo.
O culting já não é mais um método de punição, mais acabou por se tronar um vício, não sei se quero parar com ele, pois me proporciona bem estar, e minha pele já está tão F*&¨% que já não faz mais diferença.
Bom por enquanto é isso...
Volto em breve.