domingo, 21 de abril de 2013

Kokeshi da Purificação.

Olá borboletas, volto aqui novamente para dar noticias e escrever, como uma maneira de me refugiar do angustiante sentimento de sufocação que as palavras presas em minha mente me causam, justamente por não serem postas para fora com simples palavras.
Posso dizer que estou redescobrindo um novo mundo, e vejo agora um pouco com mais clareza, o quão me prendi por tanto tempo dentro de mim mesma, eu estava literalmente sufocando com todos os meus medos, assim como acontece com todas aqui.
O apego pelo meu "desejo de controle" me faz ficar dividida entre os dois mundos, o bom e o "mau", tenho me sentido estranhamente desconfortável com o tratamento, o que me faz desejar abandona-lo, porém sei que não me permitirão a isso.
As malditas compulsões por vezes acontecem, e talvez por eu estar aprendendo a não dar tanta importância ao medo não tenho me purgado, porém não consigo me alimentar como uma pessoa normal e me sentir bem com isso, o que na verdade me conforta, pois assim sei que o que me controla ainda prevalesse em minha alma.Pois após cada uma das compulsões eu me tranco em meu quarto, sinto vergonha e medo, e então desabo em lágrimas.
Eu gostaria de pedir permissão, para continuar acompanhando-as e aqui postando, pois por mais que dado a fato de uma possível melhora, esse lugar se faz o meu mundo, se faz uma parte de mim, e não posso simplesmente abandona-lo.
Deixo hoje a imagem de uma Kokeshi,a roxa em específico da Purificação, uma boneca japonesa, cujo dizem as lendas que almas de crianças abandonadas são presas à boneca para que as mesmas não se sintam perdidas na morte.
Elas trazem sorte e levam todo o mal que pode ser causado em vida.
E a purificação vem da cor roxa, que está ligada ao mundo mistico e significa espiritualidade magia e mistério, o roxo transmite a sensação de tristeza e introspecção. Estimula o contato com o lado espiritual, proporcionando a purificação do corpo e da mente, e a libertação do medo e outras inquietações. É a cor da transformação,
É o meu desejo a todas aqui.
Por favor digam em meu e-mail caso não consigam comentar aqui para que eu tente alterar as configurações.
Um beijo da garota que sonha em um dia ser uma Bonecca Perfeita.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Já parte de mim, e isso não muda.

A pulseira vermelha se mantém no braço esquerdo agora junto com a palavra Breathe, a comida é ingerida a cada três horas, e meu corpo a aceita, porém a mente me diz que o que estou fazendo é errado.
O reflexo não agrada, porém torna-se menos doloroso, o remédio torna-se indesejado por saber que estou sendo controlada por ele, e que se o mesmo for deixado de lado corro grandes riscos de voltar a estaca zero. Esperança de ainda perder peso me vem a todo tempo, acho que isso nunca muda, o meu quarto é meu melhor companheiro, apesar das pessoas já me fazerem rir as vezes.
 Penso que após essa fase de recuperação eu possa aprender a comer o minimo possível para sobreviver e o suficiente para ter o corpo perfeito que sempre sonhei.
E então eu terei a certeza de que obtive o controle,
Então o que me resta fazer agora é apenas respirar.

Ps. Mudei o URL do blog por muita gente de fora ter acesso á ele, mais sei se vcs minhas seguidoras estão conseguindo acompanha-lo e comentar.
Qualquer coisa me adicionem no e-mail bonecca_perfeita@hotmail.com

Bjs.

sábado, 6 de abril de 2013

Tento me convencer de que preciso apenas respirar

Após uma noite em compulsão, minha mente entra em guerra, lágrimas me encharcam e a vontade pela liberdade mistura-se com o medo e a culpa, o tratamento está me fazendo ver a vida, porém os conflitos em minha mente me desesperam . Estou parando aos pucos de me purgar  por vezes entro em compulsões e isso está fazendo  com que eu ganhe peso rápido de mais.
 Se tenho vergonha por isso ?Não fazem idéia do quanto.


Minha mente me pune o tempo todo, e tento me convencer de que preciso apenas respirar, porque
 uma hora isso tudo vai passar, concretizei isso no meu pulso, e decidi fazer a tatuagem por diversos motivos, um deles é de que apesar de tudo, eu amo até mesmo o que me mata, e a palavra Breathe é de alguma forma a marca da ana/mia para mim. Pois utilizei por muitas vezes essa palavra em pensamento para me fortalecer e me privar da comida.
Outro motivo é que sei que posso utilizar esse mesmo pensamento a meu favor na recuperação.
Espero que vala a pena, que todo o sacrifício de lutar contra mim mesma, de lutar contra
o que eu amo, traga-me bons resultados no final das contas.
Quem sabe se eu matar o amor que sinto pela minha obsessão eu possa finalmente ME amar.

Abraços da garota que sonha em ser uma Bonecca Perfeita.