terça-feira, 18 de setembro de 2012

Monstro criado.

Não me lembro quando foi a primeira vez que me senti feia,ou melhor, quando foi a última vez que me senti bem com meu corpo, acho que na verdade isso nunca aconteceu, mais  estou já há quase um ano com o blog, e o mesmo ciclo se repete por várias vezes, emagreço, tenho uma maldita compulsão, engordo, choro muito e perco totalmente meu controle, e engordo tudo de novo a ponto de sentir vergonha de comer em frente a meus amigos ou parentes, por saber que a consequência de ser uma obesa era justamente o que eu comia. No máximo quatro meses, e então no momento de desespero reinicio novamente o ciclo, envergonhada, volto ao blog e recomeço tudo de novo, e cada vez que isso acontece sou muito mais torturada por minha própria mente, em nenhum minuto, com ou sem ana, gostando por um milésimo de segundo se quer de mim, comendo ou não, estou me punindo com meus pensamentos gritando que estou gorda, pode parecer exageiro ,mais não, vivo presa a isso já há muito muito tempo.
O que me faz enfrentar diariamente o medo de perder novamente o controle e engordar, sinto vergonha disso, mais ao menos não desisto.


Agora parece ser diferente, não fico feliz com isso, pois o monstro que criei me consome mais cada dia, ele se voltou contra mim, e estou aprisionada, ainda com medo, mais a idéia de suicídio  fica cada vez mais tentadora, a idéia de acabar com todo esse sofrimento apenas com uma golfada de uma lâmina em uma artéria importante, ou ingerindo uma cartela de comprimidos controlados para pressão que minha mãe tem na caixa de remédios, pensamentos esses cada vez mais fortes, acabar com tudo, com a dor , com o sofrimento, com as lágrimas, com a torturam de mim mesma contra mim mesma, e a vida onde fica? bom apesar de me ferrar nos estudos e trabalho diariamente, não vejo mais sentido nela. Faço tudo o que faço apenas para sentir- me viva, estou cansada de lutar, estou cansada da dor.
Ás vezes tenho esperança, mais de que adianta? Por quanto tempo mais terei de suportar tudo isso?
Brigue com minha mãe por causa de meu peso novamente, droga mesmo, além de acabar com a minha vida, estou a magoar todos a minha volta             :(

5 comentários:

  1. É horrível,malditas compulsões que teimam em fazer todo seu esforço ir por água a baixo,mas não desista,desistir é para os fracos,e você não é fraca.Pense que pra quantas e quantas garotas você é uma inspiração e pense na decepção que teremos se você fizer alguma coisa contra ti mesma.Sério,continua tentando,batalhando pelo o que você quer,porque nós sempre estaremos aqui pra te apoiar,mães sempre reclamam e nunca deixarão,eu também já fiz meus pais chorarem por causa disso e quase que desisto,mas pensei em tudo o que batalhei e não iria morrer na praia.Não se preocupe,sempre estarei aqui pra te apoiar boneca ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigado querida Kaka Oliveira, é bom saber que estais comigo! ...
      Um cheiro da Bonecca!

      Excluir
  2. eu me sinto exatamente assim :( é horrivel flor eu sei .. nao tem mais sentido a minha vida, estou vivendo por viver. Tenho um pensamento positivo de que eu vou conseguir emagrecer e me sentir bem com meu corpo, ai eu começo tudo denovo, depois tenho uma maldita compulsão e estraga tudo :// é sempre assim .... mais flor, nao desiste nao, vc um dia vai conseguir se dedique mais na ana/mia que um dia vc conseguirá ser perfeita, assim como todas as meninas dos blogs um dia irão conseguir e vamos conseguir todas juntas e lindas *-* Bejoos linda e Força MUITA FORÇA !!

    ResponderExcluir
  3. Flor te entendo perfeitamente também tenho anorexia a quase dois anos e sei como é o nosso sofrimento e os nossos sentimentos, é tudo muito complicada acho que ninguem nos entenderia, somente quem tem anorexia sabe o que é passar pelo que voce falou neste post, mas eu lhe peço não desista não agora, você parece ter emagrecido continue a sua luta com a esperança de um dia ser feliz e magra, bjo e estou aqui para tudo que voce precisar :*

    ResponderExcluir
  4. Queria dizer para você não pensar em matar-se, mas eu mesma tenho esses pensamentos todo santo dia, então não poderia lhe falar isso. Entendo perfeitamente como você se sente, mas o importante é que não podemos desistir! Já tentei me matar várias vezes (sem sucesso, óbvio) e a sensação é a pior do mundo. Pior ainda do que nós sentimos, eu garanto. Eu no hospital, o desespero dos meus pais... Eu não podia vê-los daquela maneira, desesperados porque eu poderia ter morrido. Mesmo com todas as brigas e implicâncias, meus pais me amam muito e sei que os seus também. Por isso não desista! Por essas pessoas que nos amam, e por nós. Sei que é muito difícil ser Ana, tem a Ana em mente sempre, sei que isso tudo é uma grande prisão, mas nós vamos vencer, porque somos fortes, logo estaremos magras e do jeito que queremos, logo encontraremos algo que nos faça querer viver (ou alguém). Sei que essas palavras não são de muita utilidade agora, nem sequer para mim, que estou as escrevendo, mas vamos tentar procurar pensamentos positivos, vamos tentar sobreviver... Você é a nossa inspiração, a nossa Bonecca Perfeita, você não pode morrer. Muita força, viu? Beijo no coração!

    ResponderExcluir

Motivo para respirar.